Discurso de formatura: dicas para escrever um texto inesquecível e apresentá-lo na frente do público

A cerimônia de colação de grau é o evento solene mais marcante da trajetória de um estudante. É o momento em que lhe é conferido o título pelo qual se dedicou nos últimos anos e que marca a sua passagem de aluno a  profissional.

 

Para o orador da turma, também é o momento de ler o tão aguardado discurso de formatura. Uma tarefa muito especial, afinal, sua turma escolheu você para representá-los e contar a história que construíram juntos durante a graduação. Mas, também, é uma missão muito desafiadora.

 

Escrever um discurso pode não ser tarefa fácil para muitos, pois além de elaborar um texto coerente e marcante, é necessário que ele reproduza os sentimentos de toda a turma.

 

Porém, calma, o processo de escrita também pode ser mais tranquilo e fluir de forma fácil. Para te ajudar, separamos algumas dicas essenciais para fazer um discurso de formatura inesquecível. Se você foi escolhido como orador ou está próximo de se formar, continue a leitura do texto e veja que escrever o texto pode ser mais simples do que se imagina. 

Por que é importante escrever um discurso de formatura?

O discurso de formatura marca o fim de uma etapa muito importante na vida dos formandos. É a oportunidade para que a turma, representada pelo orador, conte a sua visão sobre a experiência vivida nos últimos 4, 5 ou 6 anos, relembre os momentos marcantes e compartilhe-os com os amigos e familiares presentes.

 

Também é uma maneira de agradecer formalmente aos professores que contribuíram para a formação de cada estudante. Por isso, o aluno escolhido para representar os colegas, deve honrar a confiança depositada por eles e escrever um discurso que demonstre toda a gratidão e felicidade pela realização do sonho. 

Dicas para escrever um discurso inesquecível

O discurso de formatura não deve ser encarado como uma tarefa muito difícil, quase impossível. Isso só vai aumentar a pressão e dificultar o processo de escrita. O orador tem liberdade para escrever o que e da forma como quiser. Não há uma regra quanto à estrutura do texto e nem daquilo que precisa estar obrigatoriamente no discurso.

 

Porém, é interessante considerar que o objetivo é compartilhar com os convidados os melhores momentos, as lições que cada um aprendeu ao longo da graduação e o quanto puderam crescer com elas. Para te ajudar, confira algumas dicas. 

1. Escolha um tema central para o seu discurso

O primeiro passo para escrever um discurso de formatura é definir um tema central que seja importante para os alunos. Essa etapa ajuda a dar um direcionamento ao texto e evita que ele fique confuso, apenas com memórias que não liguem umas às outras.

Existem alguns temas que são comuns às formaturas, como os desafios enfrentados, as transformações, aprendizados e o crescimento que a graduação trouxe. Assim, o orador pode escolher aquele que melhor representa a turma e escrever todo o discurso baseado nele. 

2. Estruture bem o texto

Tão importante quanto selecionar um tema central para o texto é estruturá-lo baseado nos três atos textuais que já conhecemos: abertura, desenvolvimento e encerramento. O discurso também é uma narrativa que precisa de início, meio e fim. No final das contas, se trata da história dos formandos nos últimos anos, com os principais desafios, melhores momentos e aprendizados. 

  • Abertura: o texto precisa prender a atenção dos convidados logo no início, assim, eles ficarão envolvidos com a sua fala e interessados em ouvir a história de vocês. Nessa primeira parte deve conter a apresentação do tema e os agradecimentos aos que estão presentes. 
  • Desenvolvimento: essa é a etapa mais longa do discurso. Aqui serão contadas as histórias da turma, as experiências e os momentos marcantes. Só lembre de seguir a linha de raciocínio dentro da temática escolhida e fazer conexão com o que foi falado na introdução. 
  • Encerramento: na conclusão, você pode propor uma reflexão sobre o futuro e a profissão. O fechamento deve passar um sentimento de dever cumprido aos alunos, professores e pais. 

3. Lembre-se de citar as pessoas que marcaram a trajetória da turma

O discurso de formatura, assim como o convite, é um espaço para agradecer as pessoas que marcaram a graduação de uma forma especial. Os professores, coordenadores, algum colega de classe que tenha superado um desafio e os que também estarão ali homenageados.

Apresente cada um deles e mostre como foram importantes para a conquista do tão sonhado diploma. 

4. Compartilhe sua experiência pessoal e da turma

Como dissemos, o texto deve conter as experiências da turma ao longo da graduação, as melhores histórias e momentos. São tópicos que geram impacto positivo no público, risadas, emoções e empatia.

Mas não deixe de contar a sua própria experiência nesses últimos anos. Fale sobre seus sentimentos, o que te marcou no curso, as lições aprendidas e o quanto você cresceu com elas. Seus colegas também se sentirão representados e acolhidos com o seu relato. 

5. Escreva o texto da forma mais leve possível. Evite usar palavras muito difíceis

O discurso de formatura não é como um trabalho da faculdade que exige uma escrita acadêmica com palavras difíceis. Muito pelo contrário.

A ideia é que o orador use termos simples, escreva e fale de forma descontraída sobre as suas emoções e dos seus colegas. Por isso, nada de termos muito formais e postura engessada em frente ao público. O momento é de felicidade e celebração e isso você precisa transmitir aos convidados. 

Não consigo escrever, e agora?

A pressão de ter que escrever um discurso e a emoção do momento pode atrapalhar o processo de escrita do orador. Alguns simplesmente travam ao pensar que as páginas em branco do Word precisam ser preenchidas com palavras bonitas e inspiradoras, outros não sabem como começar o texto. Se com uma frase de impacto, uma citação de um livro ou fala de algum colega.

Isso é normal e pode acontecer com qualquer um. Mas, nesses casos, procurar referências de discursos na internet ou colocar uma música que te inspire, pode despertar ideias criativas de frases e ajudar na construção do texto.

Pense nos bons momentos que viveram juntos, nos desafios, na trajetória que construíram e deixe a criatividade fluir. 

Como se preparar para o grande dia

Além de escrever o texto, o orador é o responsável por apresentá-lo na frente dos convidados. E, mesmo que você tenha facilidade para falar em público, é importante se preparar para que se sinta mais seguro e tranquilo. Por isso, ensaie dias antes da cerimônia até que se sinta pronto e a leitura esteja fluida. 

 

  • Com o discurso pronto, leia e releia quantas vezes forem necessárias. Esse processo é importante para identificar as partes que precisam de melhorias e para que você conheça o texto;
  • Treine a leitura em casa com os amigos e familiares. Assim, você começa a se sentir mais confortável e confiante com a leitura. É também o momento em que você pode marcar o ritmo, o tempo e a entonação em determinadas partes do discurso;
  • Se achar necessário, grave um dos seus ensaios e escute o resultado. Dessa forma, será possível saber se a fala está rápida ou lenta demais, alta ou muito baixa e identificar as partes que precisam de entonação. 
  • Por mais desafiador que seja, procure aproveitar ao máximo. A formatura é um momento muito especial e deve ser encarada com leveza. 

Dicas para uma boa apresentação do discurso de formatura

Controlar o nervosismo no dia da colação de grau é fundamental, ainda que seja difícil. Assim, você conseguirá fazer, na frente de todos, o que passou dias planejando e ensaiando. Confira algumas dicas:

  • Antes de começar o seu discurso, cumprimente e agradeça a presença de todos;
  • Coloque o papel em uma altura confortável para que consiga fazer contato visual com o público durante a leitura do texto;
  • Adote uma postura mais descontraída, afinal, o momento é de celebração;
  • Não se prenda apenas ao que está escrito no papel. Se estiver confiante e achar necessário improvisar, faça-o;
  • No início da fala, você pode se sentir inseguro e apreensivo. Mas, a confiança é conquistada aos poucos, na medida em que você se sente confortável diante dos convidados;
  • Por fim, aproveite o momento e não se preocupe em errar. Esse é um momento de muita emoção para todos e, caso aconteça, trate o erro com naturalidade. 

Ser escolhido como orador é ter a oportunidade de representar os seus colegas e de se expressar em um momento tão especial na vida de vocês. Com essas dicas, temos certeza que conseguirá fazer um discurso inesquecível que ficará eternizado na memória de todos.

Esperamos ter ajudado! Continue nos acompanhando para mais dicas sobre tudo que envolve o universo da formatura. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *